Conheça 5 curiosidades sobre a baleia-franca

As baleias-francas são ilustres visitantes da Praia do Rosa. Todos os anos, elas deixam as águas geladas da Antártida e escolhem o litoral catarinense para procriar. O fenômeno impressiona os turistas e atiça a curiosidade dos amantes da natureza!

5 fatos sobre a baleia-franca

Hoje você vai aprender um pouco mais sobre esse animal tão majestoso. Continue a leitura e entenda por que o cetáceo virou praticamente mascote da nossa região.

  1. A baleia-franca é um dos maiores mamíferos do mundo

Essa espécie atinge proporções gigantescas. A franca fêmea pode passar dos 17 metros de comprimento e pesar mais de 60 toneladas! Já os machos são um pouco menores e mais “magrinhos”: em torno de 45 toneladas.

  1. Os animais adultos não se alimentam durante o período reprodutivo

Apesar do tamanho avantajado, a baleia tem uma dieta bastante restrita. Seu principal alimento é o krill, um tipo de crustáceo semelhante ao camarão. Um único mamífero adulto pode ingerir toneladas desses bichinhos em poucos dias.

O curioso é que a baleia-franca come apenas quando está na Antártida. Durante o período de reprodução na costa brasileira, as mamães utilizam suas reservas de energia para sobreviver e amamentar os filhotes.

  1. Toda baleia-franca tem uma marca identitária única

Uma maneira de identificar exemplares da espécie é por meio das calosidades no topo e nas laterais da cabeça. As estruturas são espessamentos naturais da pele, geralmente numa coloração acinzentada ou branco-amarelada. Cada animal possui um desenho único dessas calosidades, quase como uma impressão digital.

  1. O borrifo é mais visível durante o inverno

O borrifo de uma baleia-franca, em formato de V, é bem característico. Esse fenômeno resulta do ar quente que sai do pulmão e da vaporização da água que fica nos orifícios respiratórios do animal.

O esguicho atinge entre 5 e 8 metros de altura. As melhores condições para visualizá-lo ocorrem nos dias frios e de pouco vento. Sendo assim, fica a dica: visite a Praia do Rosa no inverno e aumente suas chances de admirar o espetáculo.

  1. A reprodução das baleias pode demorar

Via de regra, a vida fértil da baleia-franca fêmea vai dos 15 aos 60 anos de idade. Porém, isso não significa que ela consiga multiplicar a prole com muita rapidez. A gestação de um filhote leva 12 meses. Além disso, a genitora só consegue ficar grávida a cada três anos.

É por isso que a Praia do Rosa faz parte de uma Área de Proteção Ambiental (APA). Essa medida garante um local seguro para a procriação e a conservação do cetáceo.

Dicas para observação de baleias na Praia do Rosa

Agora que você já sabe algumas curiosidades sobre a baleia-franca, que tal vir à Praia do Rosa para conhecer esse animal de pertinho? O período de reprodução vai de julho a novembro, mas os meses de agosto e setembro são os melhores para encontrar esse gigante dos mares.

Aqui no blog, nós já demos dicas de como observar baleias. Acesse o link e confira!

E, se você precisar de um lugar para ficar, lembre-se que a Hospedaria das Brisas está à sua disposição. Entre em contato conosco e faça sua reserva.

Semana que vem tem post novo, hein? Obrigado pela companhia e até lá. 😉